Seu Orvandil perdeu a casa e tudo o que tinha para salvar cães abandonados em Porto Alegre. “Antes de tudo, meus filhos”

O que resta hoje para o Orvandil é apenas uma bermuda. Quando a água começou a invadir a casa dele, o aposentado preferiu perder tudo, mas salvar os 54 cães abandonados que ele ajuda a cuidar, em um canil improvisado, no bairro Humaitá, em Porto Alegre.


Orvandil, que é conhecido como o “Dinossauro Velho Protetor dos Animais”, retirou cada um dos cães bravamente, que estavam se afogando no último domingo (05/05).

“Me segurei em corda, subi em parede, entrei na água suja, mas consegui salvar todos os meus filhos”.

Orvandil passou 3 dias ilhado na parte superior da casa dele, vestido apenas com um short, sem comida e bebendo a água suja da lama. A única companhia que ele tinha era dos cãezinhos que cuida com muito amor.

Durante o resgate, o cuidador contou que só conseguiu levar três cães com ele. Ficou desesperado, pois teve que deixar os outros 51 presos e estava com muito medo dos animais fugirem ou morrerem de fome e sede.

“Foi uma luta. Corri atrás de todo mundo para salvar meus filhos. Ninguém queria chegar lá porque estava muito alagado e eram muitos animais, mas eu não perco a esperança de ter todos eles comigo novamente”.

O cuidador ainda está tentando recuperar os cães. Atualmente ele conseguiu pegar 35 deles, mas garante que não vai desistir.

“Eles são tudo pra mim e vou até onde for preciso para ter meus filhos”.


Ajuda

Atualmente ele está com a esposa, dona Marisa, em um barraco de madeira e papelão, improvisado pelo próprio cuidador para ficar perto dos cães.

Segundo seu Orvandil, ele perdeu toda a casa. O imóvel foi destruído pela água e ele precisará de um novo lugar para morar.

Nas chuvas tudo o que ele tinha foi levado: documento, mobília e a caminhonete que ele usava para ganhar um dinheirinho com frete.

“Agora vem a parte mais difícil. A gente não tem onde morar. Nós não temos casa, não temos abrigo. Nós estamos ganhando comida e ração, mas não temos onde ficar”

Vamos ajudar o seu Orvandil, que de fato foi um verdadeiro dinossauro e lutou bravamente pelos filhos de quatro patas?

Doe pelo Pix: orvandil-ajudars@sovaquinhaboa.com.br ou através do painel aqui do lado.






O que é o #AjudaRS?

O Só Vaquinha Boa e o Só Notícia Boa se uniram e estão ajudando famílias e instituições afetadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul.

Levaremos uma ajuda inicial para que essas pessoas consigam recomeçar após a enchente.

A equipe do SVB faz a pesquisa e a apuração de todas as histórias que chegam até nós. Cada campanha é acompanhada para que possamos mostrar como a sua doação foi importante na transformação da vida dessas pessoas.

Fale com nossa equipe!