Vamos ajudar dona Marina, que aos 57 anos de idade adotou bebê com deficiência deixado em hospital


A técnica de enfermagem Marina Gonzaga, 57 anos, adotou no ano passado (2021), o pequeno Murilo, hoje com 1 ano. O menino nasceu com hidranencefalia - acúmulo de líquido na cabeça no lugar de parte do cérebro - e desde os primeiros dias na UTI foi cuidado por Marina e sua equipe.

Sozinha, a técnica de enfermagem enfrenta desafios para cuidar de uma criança com deficiência. Só com o salário da profissão, a mãe não consegue arcar com os altos custos que tem com o aluguel e principalmente com o transporte, já que diariamente Murilo passa por acompanhamento médico e tratamentos. Além de custos com fraldas e medicamentos.

Numa rotina puxada, Marina tem contado com ajuda de amigos para eventuais gastos com os cuidados do seu pequeno anjo.

A vaquinha é para ajudar essa mãezinha com todos os custos citados acima por pelo menos 1 ano. A missão dela com o Murilo é linda e juntos podemos dar esse suporte.


Amor à primeira vista


Na época que Murilo foi para a UTI, a técnica de enfermagem ficou sabendo sobre o triste rumo que o menino teria ao deixar a internação. Logo após receber alta do Hospital Materno Infantil de Brasília, o recém-nascido foi colocado para adoção.

Apaixonada por ele desde o primeiro momento, Marina decidiu entrar com o pedido de adoção. Com esperança no coração, mas a sabedoria da espera, Marina despediu-se de Murilo ainda na UTI, momento duro segundo a mãe.

O bebê ficou dois meses no Lar Bezerra de Menezes à espera de uma família, quando Marina recebeu a ligação de que poderia buscá-lo.

“Me apaixonei por ele e decidi que queria ser a sua mãe. Entrei com o processo de habilitação para adotá-lo imediatamente, mesmo sabendo que, ao procurar uma família para o Murilo, a VIJ-DF iria respeitar a fila de pretendentes já habilitados”, conta.

Marina também é filha adotiva e foi acolhida com pouco mais de um ano. Segundo a mãe, a família adotiva é um marco, uma referência na sua vida.

Doe pelo PIX!


Ficou mais fácil para você transformar vidas! Doe pelo PIX com valor mínimo de a partir de R$ 1.

Sobre nossas vaquinhas


A equipe do SVB faz a pesquisa e a apuração de todas as histórias que chegam até nós. Cada campanha é acompanhada para que possamos mostrar como a sua doação foi importante na transformação da vida dessas pessoas. Temos a taxa de 9% para cobrir custos com as taxas bancárias e manutenção do site. Juntos, podemos continuar com a missão de mudar vidas!

Acompanhe nossas histórias através das redes sociais do SVB.

Problemas com pagamentos ou outras dúvidas? Entre em contato com a gente no [email protected]